sexta-feira, outubro 5


Desabafo!

17




Tem coisas que eu não gostaria de publicar no blog, mas não adianta, não seria eu mesma e minha vida se não o fizesse.

Meu pai está novamente hospitalizado, desta vez para repor alguns eletrólitos que estão faltando e colocar uma gastrostomia. Afinal, ele não esboça melhoras como imaginávamos. Por mais que eu tente seguir em frente e erguer a cabeça, é muito difícil, quase humanamente impossível...
 
 Tenho medo, fé, cansaço, desespero, alegria, tristeza, tudo junto misturado...

Medo do que poderá ser o futuro, do presente nada agradável e de um passado que não me faz tão bem assim.

Agradeço novamente por ter um marido tão bom e dedicado. Meu companheiro de todas as horas, que me faz sorrir até nos piores momentos. Toda vez que caio lá esta ele me estendendo a mão para seguirmos em frente. 

Ontem o removeram para o hospital e meu marido foi junto e esta lá até agora. Pois como comentei anteriormente, somos somente eu e ele e mais uma criança de 5 anos. Tudo é difícil, às vezes vejo meu filho perdendo a infância para uma doença que ninguém pediu para existir, muito menos ele. Os passeios de domingo não existem para ele há muito tempo e na maioria das vezes eu estou tão cansada que não tenho coragem de brincar. Ele se sente só em uma casa onde a dor se aninha nos cantos e a realidade é tão dura que diversas vezes eu pego ele cuidando do avô e vivendo toda esta batalha... Ele não tem força e nem idade para guerrear! Ele tem uma bicicleta que jamais andou, ia para a escola, fui obrigada a tirá-lo, pois custava 600,00 e agora esta fazendo falta para o tratamento do meu pai. Sobraram a ele somente os sonhos de criança.

A assistente social da UNIMED quando vem aqui me questiona que tenho que voltar a trabalha e a sair de casa. Fica preocupada, pois segundo ele ficaremos doentes. Mas, quando a questiono de sermos somente nós e que mesmo meu pai tendo outros dois filhos, noras, sobrinhos etc... ninguém se importa com quem esta doente. As pessoas esquecem que um dia elas poderão ficar velhas e que nesta velhice, estar com a família é o mais importante. Dar as costas para um problema é muito fácil, difícil é encará-lo de frente! 

Às vezes sinto quase um ódio incontrolável destes mesmo que abandonaram meu pai, pois quando ele estava bem, viviam a sua volta... Meu pai sempre foi um excelente homem, ajudou a todos os filhos a crescerem, sempre nos salvava nos piores momentos e quando ele fica doente o abandonam. 

O mais engraçado disto tudo é que hoje sou filha única na hora de cuidar, porém com certeza não serei na hora de partilhar a tal herança que eles tanto esperam... Lamentável!
Uma certeza eu tenho: Por mais que usemos de mascaras para fingir e manipular os outros, Deus conhece o coração de cada um... Fico tranqüila! Deito minha cabeça no travesseiro e durmo em paz!

Meu pai já chorou muito pelo abandono dos filhos... E eu já briguei muito por este abandono. Não é justo!

Há um ano eu estava com meu pai no hospital e me filho teve uma grande crise de asma, precisou ser internado. Resumindo: Eu ficava em um andar do hospital da PUCRS com meu filho e meu marido em outro com meu pai... Ficamos 15 dias morando lá. Pedi ajuda a um dos meus irmãos, pedi que passasse pelo menos uma tarde com meu pai para eu ir para a casa e recebi um sonoro: Não, não posso! Tenho outras coisas a fazer! 

Enfim, não vou me estender e descontar minha raiva aqui escrevendo, pois não caberia em uma página...

Não sou mais e nem menos que ninguém, porém uma coisa eu sei: Estou tentando!

Deixo aqui uma mensagem que vi no face  e me tocou:

Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo, um homem sentou e observou a borboleta por várias horas conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.

Então pareceu que ela parou de fazer qualquer progresso.

Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais longe.
O homem decidiu ajudar a borboleta.

Pegou uma tesoura
e cortou o restante do casulo.

A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo, que iria se afirmar a tempo.

Nada aconteceu!

Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.

O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar, não compreendia era que o casulo apertado e o esforço
necessário para a borboleta passar através da pequena abertura eram o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.

Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida.

Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados.

Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido.

Nós nunca poderíamos voar.

Eu pedi força... E Deus me deu dificuldades para me fazer forte.

Eu pedi sabedoria...E Deus me deu problemas para resolver.

Eu pedi prosperidade...E Deus me deu cérebro e músculos para trabalhar.

Eu pedi coragem...E Deus me deu perigo para superar.

Eu pedi amor...E Deus me deu pessoas com problemas para ajudar.

Eu pedi favores...E Deus me deu oportunidades.

Eu não recebi nada do que pedi...

Mas eu recebi tudo de que precisava.


P.S:: Roubartilhei esta mensagem do face do Herald cirurgia bariátrica...

17 comentários:

Linda disse...

Nossa...Nada do que eu diga vai te ajudar e na verdade nem sei bem o que dizer.
Consigo me colocar no seu lugar porque também tenho filhos e vejo a cada ano a minha mãe envelhecendo e necessitando de cuidados, e aqui ela também só pode contar comigo.
Só quero dizer que gostaria de poder fazer algo.
Não perca as esperanças na luta contra essa doença. Tudo pode mudar. Tenha fé.
Se por um lado a sua rotina hoje está difícil e não existe muito lazer e nem descanso, por outro a sua família está a cada dia mais unida. Tudo tem um lado bom e tudo tem um propósito.
Seu filho será um homem maduro, e por conta dessa maturidade precoce ele não terá aquelas crises existenciais adolescentes que levam os jovens para o álcool e as drogas. Nos dias de hoje isso é uma grande benção.
Faça a sua parte como vem fazendo para que não sinta o arrependimento esmagador que as outras pessoas da sua família irão sentir um dia, e confie em Deus.
Te desejo dias melhores querida.
Grande abraço!

Jackie disse...

OHH amiga muita força pra vc.
Eu sei bem como é lidar com doença na familia e vc não ter quem ajudar apesar de ter parentes q possam, mas graças A Deus vc tem um marido otimo q esta do seu lado pra tudo.
Uma hora as coisas vão melhorar....
BJUSS55

LUCIANE disse...

JU EU SEI BEM O QUE VC TA SENTINDO EU SOU FILHA UNICA MAIS TENHO 3 IRMÃOS E EU CUIDO SOZINHA DO MEU PAI AINDA BEM QUE COMO VC TENHO UM BOM MARIDO PORQUE SENÃO NÃO SEI O QUE FARIA , O QUE EU TE DIGO É FORÇA PEÇA A DEUS PARA VC NÃO DESANIMAR VC VAI CONSEGUIR E NO FINAL NÃO VAI TER NENHUM REMORSO FEZ O QUE TINHA QUE SER FEITO BJS LU

Andressa Lima disse...

Força é só que posso te deseja, sei que não é fácil, mas em algum momento tudo se ajeita, boa sorte linda e visite o meu Blog!

LU disse...

Oi Ju!!!
força amiga, fé e conte sempre conosco para te apoiar, ouvir e orar por vocês!
beijocas

Beth disse...

Ju, acredito que nada nesta vida é por acaso, e todo seu esforço será recompensado, Deus não abandona seus filhos, e ele vai te dar a vitória, acredite e força amiga nessa caminhada!!! Beijos

Uma Flor Q. Renasceu disse...

Jú por mais difícil que seja, não se apegue aos que não fazem, se apegue mesmo a Deus, peça forças para continuar a sua luta, pois nesse mundo, cada um dá o que tem, e infelizmente o q eles tem a oferecer é isso, nada! Infelizmente, pois vc tem sua consciência e coração tranquilo...Que Deus t dê muita força!

Juliana Antunes disse...

Juju.. Não se apavore... Depois da tempestade vem a calmaria...
Muita Luz e Força...
Beijos no <3

Eva Fabricio disse...

poxa eu sempre entrei em seu blog porque acho muito interressante,mais hj fiquei sem palavras,muito lindo o seu gesto com seu pai .faça td q vc puder nada vc perderá com isso pois na biblia ta escrito "honra teu e tua mãe ,para q tenha longos dias" isso quer dizer que vc tera dias bons,prosperidade,saude e paz,entao vc só tem a ganhar e Deus te fortaleça a seu esposo e seu filhinho,e vc será recompensada pois Deus td vê e só Ele te recompensrá,Deus continue cuidando de vc e sua familia,bjs, vc é linda menina com esse gesto!!!

Nina disse...

Minha querida, tudo que vc está fazendo por seu pai, Deus está vendo, e com certeza Ele irá te recompensar... Não desista jamais, Deus é contigo,e Ele estará te fortalecendo a cada dia mais!!! Tem lutas que são maiores, mas nessas lutas somos colocados a prova e quando a tempestade passar, será o tempo de vc colher os bons frutos e Deus te retribuirá...te abençoará ainda mais!!! Abraços e fique com Deus!

Eu e minha cirurgia bariatrica disse...

Força Amiga,
Coragem, Deus tá vendo o teu sofrimento e a alegria está a caminho.

Abraços e fica com Deus.

Carla Cristina disse...

Ju,
Família é uma coisa muito complicado.
Mas rezo para vc ter muita calma, paciencia e lux para continuar a cuidar do teu pai, Deus sabe que vc pode contar com Ele e vai de dar forças para continuar nesta luta.Torço por melhoras.Grande beijo.

Fabi Godart disse...

OI Ju...
Caramba, me sinto muito revoltada! Da uma sensação de impotencia,da vontade de ir brigar junto com voce... Mas no fundo a gente sabe que ir e falar tudo o que ta entalado não rezolve muita coisa né? Então o que posso fazer, e faço,é pedir a Deus sempre que te de muita força,que te abençoe, que te enriqueça de amor e paciencia,e que no momento que for precizo acabar, que voces consigam se reerguer... E desabafe sempre, sempre que precizar, estaremos aqui!
Um beijo enorme!

Anônimo disse...

oi querida te desejo toda força, fé em Deus pq Deus sempre esta conosco quando pensamos que estamos só e que não vamos conseguir, parabéns pelo seu marid que te ajuda ele esta fazendo bem akilo que te prometeu e indo além pq cuidar do outro como vc diz que ele faz é um gesto de amor, ao seu pai a vc seu filho sua familia parabéns pela sua famlia.
Em relação ao seu filho é dificil pq nós mães já temos akilo de sempre pensar eu odia ter feito mais pq é assim comigo, aproveite eu filho sei que se vc não pode rincar 2 horas , mais tente 20 minutos ele ainda é pequeno tente colocar ele para fazer alguma coisa pq ele deve estar sentindo falta da escola.
Em relação aos seu irmãos levem eles para justiça e faça com que eles ajudem a vcs a pagarem as dispesas do seu pai é obrigação deles tbm pq como vc meso falou na hora dapartlha eles vão querer e te digo vão ficar igual urubu pq tbm vivi isso, então quem quer direito a herança tbm tem que ajudar a cuidar do pai, mais vc vai falar há mais ta dando para levar,será vc teve qe privar seu filho da escola enquanto eles estão ai gastanto e esperando a herança vc me desculpa falar assim mais já que vc publicou acho que poso dar uma opinião de quem tá de fora que as vezes ver melhor, já que eles não querem ajudar a justiça pode obrigar eles a fazerem e não fique com pena deles não fique com pena do seu pai que precia e deixe quem quizer falar vc esta zelando pelo bem estar do seu pai.
espero ter lhe ajudado afinal só vc abe o que vc esta passando mais uma coisa eu sei Deus esta com vcs sempre bjs em seu coração
BárbaraRj
vmostc@hotmail.com

Anônimo disse...

ola, meu nome é Beatriz espero que consiga superar tudo isto e quanto aos covardes que não fazem nada para ajudar estes Deus toma conta, a palavra de Deus diz: honra teu pai e tua mãe para que seus dias se prolonguem na fase da terra. Deus não colocou condições, á seu teu pai for bom, se teu pai for assim ou assado, simplesmente ele disse honre, e no meu ver honrar é cuidar , é amar , e você esta no caminho certo amando, cuidando e dando bom testemunho ao seu filho...bjs

Anônimo disse...

Olá Juliane,estive no seu blog antes para dizer que também estou passando pelos mesmos sentimentos que você, pois tenho um pai doente com cancer, acamado,quanto a receber ajudar de algum parente isso realmente não acontece, some todo mundo, uma vez em 2010 quando meu pai estava no hospital minha mae falou ao irmao de meu pai que tinha vindo de longe se ele queria ficar um pouco,ou seja, uma visita, no hospital colocar a conversar em dia e ele disse "quem tem de cuidar é a família".Ele só veio visitar meu pai no hospital 3 dias depois que chegou em São Paulo, aprendi nestes 2 anos que ninguém , mas ninguém vizinhos,tio, primos, parentes que não moram na mesma casa ,nenhum deles ajudam. Sempre rezo pelo meu pai , leio a biblia e isso me ajudou bastante. Juliane gostaria de lhe dizer que ainda continuo orando pelo seu pai. Nunca deixe se dar por vencida.Fique com Deus!!!

Suziane Burguez Proença disse...

Eu sempre fui gordinha, mas há uns 3 anos minha mãe teve uma esquemia e eu deslanchei a comer por pura ansiedade também. Foi aí que meu peso ficou incontrolável. Sei bem como é isso, e não quero passar de novo. Depois de minha cirurgia preciso descobrir outras formas de descarregar o estresse, por isso estou escrevendo meu blog desde agora e lendo tudo que posso nos outros.
Força amiga, você está linda e está servindo de incentivo pra mim e com certeza para muitas outras "borboletas"
Gostaria muito que você me seguisse no meu blog, estou começando e seria um prazer ter você como seguidora. Eu já estou seguindo o seu.

Postar um comentário

Seu cometário é sempre bem-vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

▲ subir!